Início / Sem categoria / Caminhadas da Fé, as missas e demais encontros reuniram milhares de fieis no dia de Nossa Senhora Aparecida em São José do Rio Pardo

Caminhadas da Fé, as missas e demais encontros reuniram milhares de fieis no dia de Nossa Senhora Aparecida em São José do Rio Pardo

As caminhadas da Fé, as missas e demais encontros reuniram milhares de fieis no feriado de 12-10-2019, dia de Nossa Senhora Aparecida, em São José do Rio Pardo.

Foram três caminhadas (Taquara Branca, Barreirinho e do Sitio do Bem Te Vi/Venda do Osório), todas com muitos participantes, que depois também participaram das cerimonias religiosas realizadas na Igreja Nossa Senhora Aparecida, no campo do Bonsucesso e em outros templos.

Padre Denisar Coelho celebra Missa campal no estádio Donato Biacco

Em todos os encontros, o publico fiel à Nossa Senhora Aparecida participou das caminhadas orando, cantando, enfim, promoveram sua devoção à Padroeira do Brasil, que neste ano celebrou os seus 302 anos de aparição para três pescadores em Aparecida (SP).

Caminhada de Fé, da Venda do Osório
Caminha de Fé, da Taquara Branca


Caminhada de Fé, da Comunidade do Barreirinho


Vejam abaixo as fotos, que os fiéis postaram em suas redes sociais

Aparição de Nossa Senhora Aparecida

Era outubro de 1717, três pescadores – João Alves, Felipe Pedroso e Domingos Garcia – ficaram encarregados de conseguir peixe para a festa que a Vila de Santo Antônio de Guarantinguetá iria oferecer ao governante da capitania hereditária de São Paulo e Minas de Ouro, que estava de passagem pela região. O problema é que, naquela época, não era tempo de peixe naquele mês.
Após várias tentativas puxando a rede no Rio Paraíba do Sul, um pedaço do corpo de uma imagem de Nossa Senhora Conceição apareceu para os pescadores. Curiosos, eles lançaram a rede mais uma vez e pescaram a cabeça da imagem, que se encaixou perfeitamente ao corpo.
Eles colocaram a imagem da santa no barco. E depois disso, os peixes começaram a aparecer, em quantidade abundante, tão grande que quase fez o barco virar, segundo os relatos históricos da tradição católica.
A imagem da santa foi então levada para a casa de Silvana da Rocha Alves, esposa de Domingos, mãe de João e irmã de Felipe, que juntou as duas partes com cera e fez um altar para a santa. E foi ali que teve início a devoção à santa: todos os sábados os moradores iam até a casa de Silvana para rezar para Nossa Senhora – que depois tornou-se padroeira do Brasil.
Anos depois, já em 1732, o pescador Felipe Pedroso entregou a imagem a seu filho, que construiu o primeiro oratório aberto ao público. A partir daí, foi construída uma capela, uma igreja, uma basílica até que, em 1946, foi lançada a pedra fundamental para a construção do novo santuário, o quarto maior do mundo, iniciada em 1955.
A aparição da imagem de Nossa Senhora Aparecida completa 302 anos este ano. Hoje, 12 de outubro, quando se celebra o Dia da Padroeira do Brasil, o santuário espera receber milhares de peregrinos.
Fonte- https://istoe.com.br/fieis-celebram-300-anos-do-encontro-da-imagem-de-nossa-senhora-aparecida/

Confira também

Taça São José 2019- Vasco FC, Coffee e São José Sport Botafogo venceram

Taça São José 2019- Vasco FC, Coffee e São José Sport Botafogo venceram Mais três …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *